Ministério da Cultura e Secretaria de Cultura do DF apresentam
Banco do Brasil apresenta e patrocina

COMISSÃO DE SELEÇÃO:

JOSIANE OSÓRIO
Mestra em Gestão e Economia do Cinema e do Audiovisual pela Université de Paris I/Panthéon-Sorbonne França. Foi conselheira de cultura na área de cinema e vídeo no âmbito do GDF-Secretaria de Estado da Cultura. Coordena e organiza o Festival Très Courts no Brasil/Festival Internacional de Filmes Curtíssimos/LoboFest desde 2006, bem como projetos em educação audiovisual com estudantes da rede pública de ensino do Distrito Federal.

ULISSES DE FREITAS
Bacharel em Comunicação pela UFPB com pós-graduação em Cultura e Criação. Participou como mediador de debates e jurado de mostras cinematográficas e integrou comissões de seleção de eventos como Festival Internacional de Filmes Curtíssimos/Lobo Fest, Anjo Exterminador – Festival Internacional de Cinema Fantástico de Brasília e Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. Realizou o curta-metragem Aqui todos os dias são do caçador (2012), que participou do 11º RECINE – Festival de Cinema de Arquivo e da Mostra do Filme Livre 2013.

ÉRIKA BAUER
Formada em Cinema e Televisão pela HFF – Hochschule fuer Fernsehen und Film e professora do Curso de Comunicação Social da Universidade de Brasília. É documentarista e realizou, entre outros, o documentário Dom Helder Câmara, o santo rebelde, e Flor do moinho, seu mais recente trabalho. Atualmente coordena o FestUniBrasilia, festival de curtas-metragens universitários do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.

CIRO I. MARCONDES
Professor, crítico e pesquisador de cinema e histórias em quadrinhos. Leciona no curso de Comunicação da Universidade Católica de Brasília. Foi professor da Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília e do curso de Cinema do IESB. É Doutor em Comunicação e Mestre em Literatura pela UnB, com passagem pela Sorbonne. É editor do site www.raiolaser.net, especializado em crítica de quadrinhos, e mantém, no portal Metrópoles, a coluna ZIP – Quadrinhos e Cultura Pop. Foi curador em eventos como Festival de Brasília do Cinema Brasileiro e Curta Brasília.

GUSTAVO MENEZES
Graduado em Comunicação Social – Audiovisual pela UnB. Atuou como continuísta e captador de som em projetos independentes como a websérie Cabaret da LaPuya e o curta Por uma escola dos sonhos. Escreveu e dirigiu o curta O homem que não cabia em Brasília, e também trabalhou como editor na Pupila Audiovisual. Colaborou com as revistas online de cinema Quem Viver Verá, Multiplot! e Não São as Imagens.

FÁBIO KRISPIN
Mestre em Teoria Literária pela Universidade de Brasília, licenciado em Letras pela mesma instituição e em História pela UPIS. Atuou como professor em diversas instituições de Ensino Superior, como Universidade Estadual de Goiás, IESB e CESB, sempre nas áreas de Letras e Comunicação. Foi coordenador do curso de Produção Audiovisual na Faculdade UNICESP. Atuou também como tradutor de filmes e lançador de legendas eletrônicas em diversos festivais de cinema, como a Mostra Internacional de Filmes de São Paulo, o Festival Internacional do Rio e diversos outros eventos e mostras independentes. Produtor musical com ênfase na composição de trilhas sonoras.

RODRIGO MARTINS
Produtor audiovisual. Coordenador de programação do Festival Internacional de Filmes Curtíssimos/Lobo Fest desde 2008.

JÚRI:

JOSMAR DE OLIVEIRA REYES
Graduado em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1989), Mestre em Letras (1994) pela mesma instituição e Doutor em Ciências da Informação e da Comunicação e Novas Tecnologias – Universite de Paris III (Sorbonne-Nouvelle) (2008). Professor da Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC) e da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). Sua produção acadêmica aborda, entre outros temas, cinema, literatura e intertextualidade.

MAGALI WISTEFELT
Formada em Publicidade e Propaganda e pós-graduada em Marketing de Serviços. Atua há mais de 18 anos na área de pós-produção como diretora de atendimento. Atuou nas maiores empresas do setor, como Estúdios Mega e Casablanca, atendendo ao mercado de entretenimento e publicidade. Há oito anos é sócia da DOT, uma das mais respeitadas finalizadoras do Brasil, reconhecida nacional e internacionalmente pelo alto padrão de qualidade.

PABLO VILLAÇA
Crítico de cinema e editor do site cinemaemcena.com.br, o mais antigo do tipo no Brasil, criado em 1997. Trabalha analisando filmes desde 1994 e colaborou em periódicos nacionais como MovieStar, Sci-Fi News, Sci-Fi Cinema, Replicante e SET. Diretor da OFCS (Online Film Critics Society) e membro da ABRACCINE (Associação Brasileira de Críticos de Cinema). Roteirista e diretor de dois curtas-metragens. Também é professor de Linguagem e Crítica Cinematográficas. Autor dos livros Helvécio Ratton: o cinema além das montanhas (2005) e Os filmes da sua vida têm muito mais para contar (2015).

SÉRGIO BAZI
Jornalista, crítico de cinema, redator e editor de sites, revistas e cadernos culturais. Codirigiu o curta-metragem Brasiliários, com base na obra de Clarice Lispector, premiado em festivais no Ceará e em Brasília. Integrou o júri oficial de diversos eventos cinematográficos. Editou e escreveu para o catálogo Mostra Brasília – 10 Anos do Troféu Câmara Legislativa e é um dos organizadores da publicação Entre Olhares e Afetos – 50 Festivais de Brasília do Cinema Brasileiro (2017).